História

Indíce do artigo
História
1996-1999
2004
2007-2008
2010-2020
Todas as páginas

De 1971 aos dias de hoje

A história da Associação de Promoção Social da Castanheira do Ribatejo começa em 1971, durante a industrialização do país e em particular do concelho de Vila Franca de Xira.

A inexistência de um local onde as mães pudessem deixar as suas crianças para também elas poderem contribuir para o orçamento familiar, levou um grupo de jovens da freguesia a equacionar a possibilidade de criar uma associação com o fim de dar uma alternativa às famílias, perante esta realidade.

Da intenção à materialização este processo não parou e a 15 de Fevereiro de 1971 foram publicados os estatutos da APS, no antigo Diário do Governo, III Série n.º 38. A APS iniciou a sua actividade a 6 de Outubro com a abertura de Jardim-de-Infância em instalações cedidas pela família Palha. O Jardim-de-infância tinha capacidade para 40 crianças e dispunha de quatro funcionárias.

A valência de Creche, também com capacidade para 40 crianças, foi inaugurada em 1980, altura em que a associação passou a ter ao seu encargo 150 crianças e a dispor de 23 funcionários.

O ano de 1981 marcou a história da associação. As obras de ampliação do espaço permitiram colocar em funcionamento a valência de ATL. A distinção com a Medalha de Ouro de Mérito do Concelho de Vila Franca de Xira e o reconhecimento como Instituição de Utilidade Pública Administrativa deram-nos a certeza de que estávamos no caminho certo.

 


Entre 1996 e 1999 a APS foi, em parceria com instituições da freguesia, a entidade promotora do projecto “Realojar e Educar na Castanheira do Ribatejo”. Foi um projecto de intervenção comunitária que visava a integração de famílias carenciadas da freguesia de Castanheira do Ribatejo nas suas mais diversas dimensões desde social, económica, cultural, associativa, etc.

No ano de 1997 a APS integrou e desenvolveu o projecto-piloto do Rendimento Mínimo Garantido na freguesia da Castanheira do Ribatejo, que foi um dos projectos pioneiros a nível nacional. É também neste ano que a APS se assume como Instituição Mediadora do Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados, através da distribuição de alimentos a famílias necessitadas da freguesia. A distribuição de ajuda alimentar a famílias carenciadas pela APS tem-se mantido até aos dias de hoje, com diferentes designações dos programas que concedem estas ajudas.


A construção de instalações próprias, com todas as condições para utentes e colaboradores, acabou por dominar grande parte da história da associação, sendo este objectivo apenas concretizado a 11 de Setembro de 2004. A entrada em funcionamento do novo Edifício Sede marcou o início de uma nova fase da APS, tendo possibilitado a extensão do leque de actividades e da oferta aos seus utentes.

Para além da actividade de natação, que se praticava com os utentes da Instituição há cerca de dez anos, foi possível disponibilizar outas actividades tão diversificadas como: culinária, biblioteca, motricidade, faz-de-conta para as crianças a partir dos dois anos; e aulas de informática, inglês, ginástica, atelier de ciência e laboratório, hora do conto e expressão plástica para as crianças a frequentar a valência de Actividades de Tempos Livres.


Em Setembro de 2007 foi celebrado um protocolo entre a APS e a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira para o fornecimento de refeições a escolas do Concelho. Este protocolo tem sido renovado todos os anos. No início o protocolo incluía além de escolas na Freguesia de Castanheira do Ribatejo as escolas da localidade de Povos pertencente à Freguesia de Vila Franca de Xira. Presentemente a distribuição de refeições é feita por todas as escolas do Agrupamento D. António de Ataíde na Freguesia de Castanheira do Ribatejo.

Em Setembro de 2008, como consequência da necessidade de dar resposta à lista de espera existente na resposta social de creche, foi inaugurado o edifício José Nunes dos Santos, que entrou em pleno funcionamento a 15 de Setembro. A nova creche foi construída no âmbito da Medida 3.7, com capacidade para 66 crianças, dos 4 aos 36 meses, e permitiu criar 16 postos de trabalho.

 

 


 

Em Setembro de 2010, após obras de remodelação e adaptação de instalações já pertencentes à APS na Rua João Batista Correia, foram estreadas duas novas salas de pré-escolar, com capacidade para 50 utentes entre os três e os cinco anos.

Em Novembro de 2010 a APS obteve a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade pela Norma ISO 9001 e o nível C de certificação de qualidade dos serviços de creche pelos referenciais da Segurança Social. O nível A de certificação de qualidade dos serviços de creche pelos referenciais da Segurança Social foi obtido no ano de 2012.

Em Setembro de 2012 foi celebrado o primeiro protocolo entre a APS e a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira para a coordenação e dinamização das Actividades de Enriquecimento Curricular e Actividades de Animação e Apoio à Família. Entre as Actividade Enriquecimento Curricular disponibilizadas pela APS estão sempre presentes o inglês e a expressão física e desportiva e também alternadamente outras actividades como: expressão dramática, expressão plástica, atelier dos sons, atelier dos jogos e actividades lúdico-expressivas.

Em 2020 a APS obteve a certificação do Sistema de Gestão de Segurança Alimentar pela Norma 22000, garantindo assim a qualidade e segurança das refeições que serve às crianças da APS e das escolas da Freguesia de Castanheira do Ribatejo e também aos seus funcionários.